VI Curso Nacional de Música Litúrgica: encerramento

Depois de três anos e com a pandemia pelo meio, terminou em Fátima o VI Curso Nacional de Música Litúrgica. Entre 22 e 29 de Agosto passado, 30 alunos, na sua maioria jovens, oriundos de várias dioceses de Portugal e até uma aluna da Missão Católica Portuguesa de Bern – Suíça, depois de, no primeiro dia, à entrada no Curso, serem submetidos ao teste do covid, viveram em comum esta semana intensiva de trabalho, com aulas de revisões e prestação de provas dos conhecimentos adquiridos durante o curso. Os trabalhos decorreram nas excelentes instalações da Domus Carmeli, e tiveram o apoio financeiro do Secretariado Nacional de Liturgia, com a colaboração da firma Serafim Jerónimo de Braga, que gentilmente disponibilizou mais de uma dezena de órgãos e respetivo transporte, e ainda do Santuário de Fátima que emprestou o órgão positivo e permitiu o uso do órgão da colunata para os exames de órgão.

A iniciativa, que vem já de Agosto de 1991, início do 1º Curso (já lá vão 30 anos!), é do Serviço Nacional de Música Sacra – um departamento do Secretariado Nacional de Liturgia – e visa preparar os agentes da música da Igreja, nomeadamente organistas, salmistas e diretores de coro e assembleia, para o correto exercício do seu ministério litúrgico. É Diretor deste Curso P. António Cartageno. Os professores são: Emanuel Pacheco (Direção Coral), Fernando Valente e Samuel Pinto (Harmonia), Emanuel Pacheco (Formação Musical), António Esteireiro, Élio Carneiro, Tiago Ferreira, Samuel Pinto e P. António Cartageno (Órgão/ Harmonia prática), P. Bernardino Costa, osb (Liturgia), P. Pedro Miranda (História da Música Sacra), Joaquina Ly e Filipa Lã (Canto).
Na tarde do dia 28, sábado, o Curso contou com a presença de Dom José Cordeiro, bispo de Bragança-Miranda e Presidente da Comissão Episcopal da Liturgia e Espiritualidade, que almoçou com os alunos, os professores e o Diretor do Secretariado Nacional de Liturgia, P. Pedro Lourenço Ferreira, e presidiu à sessão de apresentação oficial do livro de cânticos “Bendizei o Senhor”, da autoria do P. António Cartageno, que Dom José Cordeiro quis homenagear pelo seu trabalho à Igreja na área da música, tendo lembrado a todos as grandes linhas orientadoras da Igreja sobre a música sacra.
Na manhã do dia 29, com a presença de professores, alunos e alguns familiares, teve lugar a Missa solene na capela da Domus Carmeli, logo seguida da sessão de encerramento do Curso. Nesta, após a oração inicial, o Diretor do Curso, saudou a todos, fez um balanço bastante positivo do Curso sublinhando a fantástica evolução de muitos alunos e teve palavras de agradecimento para todos quantos, direta ou indiretamente, contribuíram para a realização e o sucesso desta iniciativa. Procedeu-se, então, à entrega dos diplomas e certificados, tendo-se concluído com o canto da “Salve Regina”. Com estas 30 pessoas agora mais qualificadas para exercerem o ministério da música sacra, a Igreja portuguesa fica mais rica. Graças a Deus!

2021-08-30 00:00:00