Dicionário elementar de liturgia

José Aldazábal

 

hissope

 

Planta medicinal, utilizada desde a Antiguidade, para as aspersões cultuais. Por exemplo, na saída do Egip¬to, manda-se às famílias judaicas: «to¬mai um ramo de hissope, mergulhai-o no sangue recolhido numa *bacia e aspergi com esse sangue a padieira e os dois umbrais da porta» (Ex 12,22). Sobretudo, usava-se para as purificações rituais. Basta recordar o versículo do Miserere: «Aspergi-me com o hissope e ficarei puro» (Sl 50 [51],9).
Também se aplica este nome ao utensílio metálico que se emprega para as aspersões com água benta, com uma bola de buracos que retém e asperge a água. Hoje, também é costume usar-se um ramo vegetal de hissope ou de outra planta parecida, como o buxo ou o alecrim, para as aspersões da Noite Pascal ou dos domingos.

--> Aspersão.