Liturgia diária

Agenda litúrgica

2022-10-29

Sábado da semana XXX

Santa Maria no Sábado – MF
Verde ou br. – Ofício da féria ou da memória.
Missa à escolha (cf. p. 19, n. 18).

L1: Filip 1, 18b-26; Sal 41 (42), 2-3. 5
Ev: Lc 14, 1. 7-11

* Na Congregação das Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora das Vitórias – Nossa Senhora das Vitórias, Padroeira principal da Congregação – SOLENIDADE
* Na Congregação Salesiana e no Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora – B. Miguel Rua – MO
* Na Ordem Franciscana – I Vésp. do aniversário da Dedicação da igreja própria, em todas as igrejas dedicadas da Ordem.
* Na Ordem de São Domingos (São Domingos – Lisboa) – I Vésp. do aniversário da Dedicação da igreja do convento.
* Nas Congregações e Institutos da Família Paulista – I Vésp. de Jesus Cristo, Caminho, Verdade e Vida, Mestre e Pastor da Humanidade.
* I Vésp. do domingo – Compl. dep. I Vésp. dom.

 

Missa

 

Antífona de entrada Sl 104, 3-4
Alegre-se o coração dos que procuram o Senhor.
Buscai o Senhor e o seu poder, procurai sempre a sua face.

Oração coleta
Deus todo-poderoso e eterno,
aumentai em nós a fé, a esperança e a caridade;
e, para merecermos alcançar o que prometeis,
fazei-nos amar o que mandais.
Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus
e convosco vive e reina, na unidade do Espírito Santo,
por todos os séculos dos séculos.


LEITURA I (anos pares) Filip 1, 18b-26
«Para mim, viver é Cristo e morrer é lucro»

É impressionante a disposição de Paulo na prisão. Não sabe se sairá de lá vivo, se morto. Em qualquer dos casos, a solução seria para ele vantajosa: morrer apressar-lhe-ia o encontro com Cristo, que é o que mais desejava; continuar a viver poderia ser, naquele momento, mais útil para eles. Morrer ou viver, Paulo é de Cristo em todas as circunstâncias.

Leitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos Filipenses
Irmãos: Contanto que Cristo seja anunciado, com segundas intenções ou com sinceridade, eu me alegro e me alegrarei sempre. De facto, sei que isto servirá para minha salvação, graças às vossas orações e à assistência do Espírito de Jesus Cristo. Espero-o firmemente e tenho a certeza de que não serei confundido. Estou absolutamente seguro, hoje como sempre, de que Cristo será glorificado no meu corpo, quer eu viva quer eu morra. Porque, para mim, viver é Cristo e morrer é lucro. Mas, se viver neste corpo mortal é útil para o meu trabalho, não sei o que escolher. Sinto-me constrangido por este dilema: desejaria partir e estar com Cristo, que seria muito melhor; mas é mais necessário para vós que eu permaneça neste corpo mortal. Convencido disto, sei que ficarei e permanecerei junto de vós, para o progresso e alegria da vossa fé. Assim espero que, ao tornar a visitar-vos, tereis novos motivos de glória em Cristo Jesus.
Palavra do Senhor.


SALMO RESPONSORIAL Salmo 41 (42), 2-3.5 (R. 3a)
Refrão: A minha alma tem sede do Deus vivo. Repete-se

Como suspira o veado pelas correntes das águas,
assim minha alma suspira por Vós, Senhor.
Minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo:
Quando irei contemplar a face de Deus? Refrão

A minha alma estremece ao recordar
quando passava em cortejo para o templo do Senhor,
entre as vozes de louvor e de alegria
da multidão em festa. Refrão


ALELUIA Mt 11, 29ab
Refrão: Aleluia. Repete-se
Tomai o meu jugo sobre vós, diz o Senhor,
e aprendei de Mim,
que sou manso e humilde de coração. Refrão


EVANGELHO Lc 14, 1.7-11
«Quem se exalta será humilhado e quem se humilha será exaltado»

Jesus continua a ensinar os verdadeiros valores da vida. A humildade, o saber colocar-se entre os outros sem vaidade de si, nem desdém pelos demais, é esse um dos valores e dos mais fundamentais. Custa tanto a entendê-lo! Mas é o ideal, para o qual devemos caminhar todos os dias, sem cansaço nem angústia, mas com humildade e paz.

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
Naquele tempo, Jesus entrou, num sábado, em casa de um dos principais fariseus para tomar uma refeição. Todos O observavam. Ao notar como os convidados escolhiam os primeiros lugares, Jesus disse-lhes esta parábola: «Quando fores convidado para um banquete nupcial, não tomes o primeiro lugar. Pode acontecer que tenha sido convidado alguém mais importante do que tu; então, aquele que vos convidou a ambos, terá que te dizer: ‘Dá o lugar a este’; e ficarás depois envergonhado, se tiveres de ocupar o último lugar. Por isso, quando fores convidado, vai sentar-te no último lugar; e quando vier aquele que te convidou, dirá: ‘Amigo, sobe mais para cima’; ficarás então honrado aos olhos dos outros convidados. Quem se exalta será humilhado e quem se humilha será exaltado».
Palavra da salvação.


Oração sobre as oblatas
Olhai, Senhor, para os dons que Vos apresentamos
e fazei que a celebração destes mistérios
dê glória ao vosso nome.
Por Cristo nosso Senhor.

Antífona da comunhão Cf. Sl 19, 6
Celebramos, Senhor, a vossa salvação
e glorificamos o vosso santo nome.

Ou: Ef 5, 2
Cristo amou-nos e deu a vida por nós,
oferecendo-Se em sacrifício agradável a Deus.

Oração depois da comunhão
Fazei, Senhor, que os vossos sacramentos
realizem em nós o que significam,
para alcançarmos um dia em plenitude
o que celebramos nestes santos mistérios.
Por Cristo nosso Senhor.

 

Martirológio

1.   Em Cartago, na hodierna Tunísia, São Feliciano, mártir.

2.   Comemoração de São Narciso, bispo de Jerusalém, digno de louvor pela sua santidade, paciência e fé, que, em pleno acordo com o papa São Vítor acerca da data da celebração da Páscoa cristã, afirmou que o mistério da Ressurreição do Senhor não podia celebrar-se senão no domingo. Aos cento e dezasseis anos de idade descansou piedosamente no Senhor.

3.   Em Vercelas, na Ligúria, hoje no Piemonte, região da Itália, Santo Honorato, bispo, que foi discípulo de Santo Eusébio no mosteiro, seu companheiro no cárcere e sucessor nesta sede episcopal, a qual instruiu segundo a doutrina verdadeira, e teve o privilégio de administrar o viático a Santo Ambrósio na hora da morte.

4.   Em Sidónia, cidade da Fenícia, no actual Líbano, São Zenóbio, presbítero, que, durante a terrível perseguição do imperador Diocleciano, exortando os outros ao martírio, também ele com o martírio foi coroado.

5.   Em Edessa, cidade do Osroene, hoje na Turquia, Santo Abraão, anacoreta, cuja vida foi escrita por Santo Efrém, diácono.

6.   No território de Vienne, na Gália, actualmente na França, São Teodário, abade, que, sendo discípulo de Santo Eusébio de Arles, construiu celas para os monges e foi designado pelo bispo intercessor diante de Deus e presbítero penitenciário para todo o povo da cidade.

7*.   Em Galway, na Irlanda, São Colmano, bispo.

8*.   Em Moustiers-en-Fagne, próximo de Cambrai, na Nêustria, actualmente na França, São Dodão, abade, que, presidindo ao mosteiro de Wallers, preferiu a vida eremítica.

9*.   Em Secondigliano, perto de Nápoles, na Itália, São Caetano Errico, presbítero, que fomentou com empenho os retiros espirituais e a contemplação da Eucaristia, como instrumentos de ganhar almas para Cristo, e com essa finalidade fundou a Congregação dos Missionários dos Sagrados Corações de Jesus e Maria.