Liturgia diária

Agenda litúrgica

2021-06-21

Segunda-feira da semana XII

S. Luís Gonzaga, religioso – MO
Branco – Ofício da memória.
Missa da memória.

L 1 Gen 12, 1-9; Sal 32 (33), 12-13. 18-19. 20 e 22
Ev Mt 7, 1-5

* Na Companhia de Jesus – S. Luís Gonzaga, religioso – MO

 

Missa

 

ANTÍFONA DE ENTRADA Salmo 27, 8-9
O Senhor é a força do seu povo,
o baluarte salvador do seu Ungido.
Salvai o vosso povo, Senhor, abençoai a vossa herança,
sede o seu pastor e guia através dos tempos.


ORAÇÃO COLECTA
Senhor, fazei-nos viver a cada instante
no temor e no amor do vosso Santo nome,
porque nunca a vossa providência abandona
aqueles que formais solidamente no vosso amor.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.


LEITURA I (anos ímpares) Gen 12, 1-9
«Abrão partiu, como o Senhor lhe tinha ordenado».

Retomamos hoje o Livro do Génesis, na sua segunda parte, que nos acompanhará durante três semanas; a primeira parte foi lida em semanas anteriores (5.ª e 6.ª). Esta segunda parte conta a história dos patriarcas. O primeiro é Abraão, o pai de todo o povo de Deus, a quem o Senhor chamou da sua terra, na Caldeia (hoje o Iraque), para a sua futura pátria, a Terra Prometida, a Terra Santa. São aspectos principais nesta passagem a vocação de Abraão, a fé deste e a sua pronta resposta, a promessa de Deus feita a Abraão e à sua descendência para sempre. Esta promessa encontrará a sua realização perfeita em Jesus Cristo.

Leitura do Livro do Génesis
Naqueles dias, o Senhor disse a Abrão: «Deixa a tua terra, a tua família e a casa de teu pai e vai para a terra que Eu te indicar. Farei de ti uma grande nação e te abençoarei; engrandecerei o teu nome e serás uma bênção. Abençoarei a quem te abençoar, amaldiçoarei a quem te amaldiçoar; por ti serão abençoadas todas as nações da terra». Abrão partiu, como o Senhor lhe tinha ordenado, e levou consigo Lot. Abrão tinha setenta e cinco anos quando saiu de Harã. Tomou consigo Sarai sua esposa, seu sobrinho Lot, todos os bens que possuía e os servos que reunira em Harã, e partiram em direcção à terra de Canaã. Tendo chegado à terra de Canaã, Abrão atravessou o país até ao lugar de Siquém, até ao Carvalho de Moré. Os cananeus viviam então naquela terra. O Senhor apareceu a Abrão e disse-lhe: «Darei esta terra à tua descendência». E Abrão ergueu ali um altar ao Senhor, que lhe tinha aparecido. Subindo dali até ao monte situado ao oriente de Betel, armou lá a sua tenda, entre Betel ao ocidente e Hai ao oriente, ergueu um altar ao Senhor e invocou o seu nome. Depois foi prosseguindo de acampamento em acampamento, até chegar ao Negueb.
Palavra do Senhor.


SALMO RESPONSORIAL Salmo 32 (33), 12-13.18-19.20 e 22 (R. 12b)
Refrão: Feliz o povo que o Senhor escolheu
para sua herança. Repete-se

Feliz a nação que tem o Senhor por seu Deus,
o povo que Ele escolheu para sua herança.
Do Céu o Senhor contempla
e observa todos os homens. Refrão

Os olhos do Senhor estão voltados para os que O temem,
para os que esperam na sua bondade,
para libertar da morte as suas almas
e os alimentar no tempo da fome. Refrão

A nossa alma espera o Senhor:
Ele é o nosso amparo e protector.
Venha sobre nós a vossa bondade,
porque em Vós esperamos, Senhor. Refrão



ALELUIA Hebr 4, 12
Refrão: Aleluia Repete-se
A palavra de Deus é viva e eficaz:
conhece os pensamentos e intenções do coração. Refrão


EVANGELHO Mt 7, 1-5
«Tira primeiro a trave da tua vista»

Continuando o sermão da montanha, o Senhor ensina hoje como nos havemos de comportar em relação aos outros, em especial no juízo que deles fazemos; ou melhor, nem devemos fazer juízo algum a seu respeito. Um só é o Juiz, Deus.
Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Não julgueis e não sereis julgados. Segundo o julgamento que fizerdes sereis julgados, segundo a medida com que medirdes vos será medido. Porque olhas o argueiro que o teu irmão tem na vista e não reparas na trave que está na tua? Como poderás dizer a teu irmão: ‘Deixa-me tirar o argueiro que tens na vista’, enquanto a trave está na tua? Hipócrita, tira primeiro a trave da tua vista e então verás bem para tirar o argueiro da vista do teu irmão».
Palavra da salvação.


ORAÇÃO SOBRE AS OBLATAS
Por este sacrifício de reconciliação e de louvor,
purificai, Senhor, os nossos corações,
para que se tornem uma oblação agradável a vossos olhos.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.


ANTÍFONA DA COMUNHÃO Salmo 144, 15
Os olhos de todos esperam em Vós, Senhor,
e a seu tempo lhes dais o alimento.

Ou Jo 10, 11.15
Eu sou o Bom Pastor
e dou a vida pelas minhas ovelhas, diz o Senhor.


ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO
Senhor, que nos renovastes
pela comunhão do Corpo e do Sangue de Cristo,
fazei que a participação nestes mistérios
nos alcance a plenitude da redenção.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

 

Santo

S. LUÍS GONZAGA, religioso

 

 

Martirológio

Memória de São Luís Gonzaga, religioso, que, nascido de família de príncipes e nobilíssimo pela inocência de vida, abdicou em favor do seu irmão o direito ao principado e ingressou na Companhia de Jesus. Pela assistência generosa aos contaminados da peste, contraiu a enfermidade que o levou à morte ainda em plena juventude.

 

2*.   Em Ghé, na Bretanha Menor, actualmente na França, São Meveno ou Mévio, abade, que, tendo nascido no País de Gales, se recolheu numa floresta da Bretanha, onde fundou um mosteiro.

3.   No território de Evreux, na Nêustria, também na actual França, São Leufredo, abade, que fundou o mosteiro de La Croix-Saint-Ouen, ao qual presidiu durante cerca de quarenta e oito anos.

4*.   Em Bourges, na Aquitânia, hoje também na França, São Rodolfo, bispo, que, pela sua grande solicitude pela vida sacerdotal, compôs, em colaboração com os presbíteros da sua Igreja, uma colectânea de capítulos dos Santos Padres e sentenças de cânones para uso pastoral.

5*.   Em Huesca, cidade de Aragão, região da Espanha, São Raimundo, que era cónego regular quando foi nomeado bispo de Roda e de Barbastro e, porque não quis vencer os inimigos do nome cristão pela força das armas, foi três vezes expulso da sua sede.

6*.   Em Orvieto, na Toscana, região da Itália, o Beato Tomás Corsíni, religioso da Ordem dos Servos de Maria.

7.   Em Londres, na Inglaterra, São João Rigby, mártir, que, detido e condenado à morte por se ter reconciliado com a Igreja católica no reinado de Isabel I, foi suspenso da forca em Southwark e esquartejado ainda vivo.

8*.   Num barco-prisão ancorado ao largo de Rochefort, na França, o Beato Tiago Morelle Dupas, presbítero e mártir, que, sempre severo consigo e amável com os outros, durante a Revolução Francesa foi condenado à prisão por exercer o ministério paroquial no território de Poitiers e morreu de fome e inanição.

9♦.   Em Olot, na Catalunha, região da Espanha, a Beata Liberata Ferrarons i Vives, virgem da Ordem Terceira Carmelita.

10.   Em Zapotlanejo, localidade do México, São José Isabel Flores, presbítero e mártir no tempo da grande perseguição.