Martirológio Romano

Jun 25, 2018

1.   Em Turim, na Ligúria, região da Itália, São Máximo, primeiro bispo desta cidade, que chamou com linguagem paterna multidões de pagãos à fé de Cristo e com a sua doutrina celeste as conduziu ao prémio da salvação.

(† 408-423)

2.   Comemoração de São Próspero de Aquitânia, bem formado em filosofia e arte literária, que, depois da sua vida matrimonial íntegra e honesta, fez-se monge em Marselha, defendeu vigorosamente a doutrina de Santo Agostinho contra os Pelagianos sobre a graça de Deus e sobre o dom da perseverança e exerceu a função de secretário do papa São Leão Magno em Roma.

(† c. 463)

3.   Em Réggio Emília, cidade da Emília-Romanha, região da Itália, São Próspero, bispo.

(† s. V/VI)

4*.   Em Maurienne, na Sabóia, hoje na França, Santa Tígrides, virgem, que neste lugar promoveu com grande fervor o culto de São João, o Precursor.

(† s. VI)

5*.   Em Rosemarkie, na Escócia, São Moloc ou Luano, bispo.

(† c. 592)

6*.   Em Jaca, na Hispânia Tarraconense, Santa Eurósia ou Orósia, virgem e mártir.

(† c. 714)

7.   Em Egmond, na Frísia, actualmente na Holanda, Santo Adalberto, diácono e abade, que auxiliou Santo Vilibrordo na obra da evangelização.

(† s. VIII in.)

8*.   Na Bretanha Menor, hoje na França, São Salomão, mártir, que, durante o tempo em que foi rei, favoreceu a instituição de sedes episcopais, protegeu os mosteiros e procedeu com justa equidade; mas, deposto da realeza, os adversários cegaram-no e assassinaram-no quando estava numa igreja.

(† 874)

9.   Em Goleto, perto de Nusco, na Campânia, região da Itália, São Guilherme, abade, que, procedendo da cidade de Vercelas como peregrino e abraçando a pobreza por amor de Cristo, por sugestão de São João de Matera fundou o mosteiro de Montevérgine, onde reuniu outros companheiros, que formou na sua profunda doutrina espiritual; fundou ainda outros numerosos mosteiros, masculinos e femininos, nas regiões meridionais da Itália.

(† 1142)

10*.   Na Cartuxa de Le Reposoir, na Sabóia, na hodierna França, São João de Espanha, monge, que escreveu os estatutos das monjas da Ordem Cartusiana.

(† 1160)

11*.   Em Marienwerder, na Prússia, hoje Kwidzyn, na Polónia, a Beata Doroteia de Montau, que, depois de ficar viúva, passou o resto da sua vida como reclusa numa cela junto à igreja catedral, dedicando-se assiduamente à oração e à penitência.

(† 1394)

12*.   Em Laval, na França, a Beata Maria Lhuillier, virgem e mártir, das Hospitaleiras da Misericórdia, que, durante a Revolução Francesa, ardentemente fiel à Igreja nos votos religiosos, morreu decapitada.

(† 1794)

13*.   Em Nam Dinh, cidade do Tonquim, no actual Vietnam, os santos Domingos Henares, bispo, da Ordem dos Pregadores, e Francisco Do Minh Chieu, mártires: o primeiro trabalhou na propagação da fé cristã durante quarenta e nove anos e o segundo colaborou valorosamente com ele como catequista; no tempo do imperador Minh Mang, ambos foram ao mesmo tempo decapitados por amor de Cristo.

(† 1838)