Martirológio Romano

Apr 04, 2017

Santo Isidoro, bispo e doutor da Igreja, que foi discípulo de seu irmão São Leandro e lhe sucedeu na sede episcopal de Sevilha, na Hispânia Bética. Escreveu muitas obras de grande erudição, reuniu e dirigiu vários concílios e trabalhou com exímia sabedoria e zelo pela fé católica e pela observância da disciplina eclesiástica.

 

(† 636)

2.   Em Tessalónica, na Macedónia, actualmente na Grécia, os santos mártires Agatópodo, diácono, e Teódulo, leitor, que, pela sua confissão da fé cristã, sob o regime do imperador Maximiano, por ordem do prefeito Faustino foram lançados ao mar com uma pedra atada ao pescoço.

(† s. IV in.)

3.   Em Milão, na Ligúria, hoje na Lombardia, região da Itália, o sepultamento de Santo Ambrósio, bispo, que no dia de Sábado Santo foi ao encontro de Cristo triunfante. A sua memória celebra-se a sete de Dezembro, dia da sua ordenação.

(† 397)

4.   Em Constantinopla, hoje Istambul, na Turquia, São Platão, hegúmeno, que combateu durante vários anos os opositores ao culto das sagradas imagens e com seu sobrinho São Teodósio Studita instituiu o célebre mosteiro de Stúdion.

(† 814)

5*.   Em Poitiers, na Aquitânia, na actual França, São Pedro, bispo, que favoreceu os inícios da Ordem de Fontevralt e, injustamente removido da sua sede, morreu exilado em Chauvigny.

(† 1115)

6*.   Em Scícli, na Sicília, região da Itália, São Guilherme Cuffitélli, eremita, que, abandonando a paixão pela caça, passou cinquenta e sete anos na solidão e na pobreza.

(† 1411)

7*.   Em Palermo, na Sicília, região da Itália, São Bento Massarári, chamado o Negro por causa da cor da pele, que foi eremita e depois religioso na Ordem dos Frades Menores, sempre humilde em todas as circunstâncias e cheio de confiança na divina providência.

(† 1589)

8*.   Em Catânia, na Sicília, região da Itália, o Beato José Bento Dusmet, bispo, da Ordem de São Bento, que promoveu diligentemente o culto divino, a instrução cristã do povo e o zelo do clero, e na epidemia da peste prestou grande auxílio aos enfermos.

(† 1894)

9*.   Em Aljustrel, lugar de Fátima, em Portugal, o Beato Francisco Marto, que, ainda criança, consumido rapidamente pela enfermidade, manifestou admirável suavidade de comportamento, perseverança na adversidade e na fé e assiduidade à oração.

(† 1919)

10*.   Em Réggio Calábria, na Itália, São Caetano Catanoso, presbítero, que fundou a Congregação das Irmãs Verónicas da Santa Face para assistência dos pobres e dos marginados.

(† 1953)