Martirológio Romano

Mar 07, 2017

Memória das santas mártires Perpétua e Felicidade, presas em Cartago com outros jovens catecúmenos no tempo do imperador Septímio Severo: Perpétua, mulher patrícia de cerca de vinte e dois anos de idade, era mãe de uma criança de peito; Felicidade, sua escrava, estando grávida, segundo as leis devia ser conservada até dar à luz; mas, apesar das dores de parto, mostrava-se serena diante das feras. Passaram ambas do cárcere para o anfiteatro, de rosto alegre, seguras de que iam para o Céu.

 

(† 203)

2.   Também em Cartago, a paixão dos santos Sátiro, Saturnino, Revocato e Secundino, que morreram na mesma perseguição. O último morreu no cárcere; os outros, depois de sofrerem as investidas de várias feras, deram mutuamente o ósculo santo e sucumbiram degolados ao golpe da espada.

(† 203)

3.   Em Cesareia da Palestina, a paixão de Santo Eubúlio, companheiro de Santo Adrião, que dois anos depois dele, foi despedaçado pelos leões e trespassado pela lança.

(† 309)

4.   Em Quersoneso, na actual Ucránia, os santos bispos Basílio, Eugénio, Agatodoro, Elpídio, Etério, Capitão e Efrém, mártires.

(† c. s. IV)

5.   Na Tebaida, região do Egipto, São Paulo o Simples, discípulo de Santo Antão.

(† s. IV)

6.   Em Bréscia, cidade do actual Véneto, região da Itália, São Gaudioso, bispo.

(† s. V)

7*.   No mosteiro de Aniane, na Septimânia, actualmente na França, Santo Ardão Smaragdo, presbítero, que foi companheiro de São Bento de Aniane na vida cenobítica.

(† 843)

8.   Em Prusa, cidade da Bitínia, na actual Turquia, São Paulo, bispo, que, por defender o culto das sagradas imagens, foi expulso da pátria e morreu no exílio.

(† 850)

9.   No mosteiro cisterciense de Fossanova, no Lácio, região da Itália, o passamento de São Tomás de Aquino, cuja memória é celebrada no dia vinte e oito de Janeiro.

(† 1274)

10*.   Em Londres, na Inglaterra, os beatos mártires João Larke e João Ireland, presbíteros, e Germano Gardiner, que, pela sua fidelidade ao Romano Pontífice, morreram enforcados em Tyburn, durante o reinado de Henrique VIII.

(† 1544)

11.   Em Florença, na Etrúria, hoje na Toscana, região da Itália, Santa Teresa Margarida Rédi, virgem, que, tendo entrado na Ordem das Carmelitas Descalças, percorreu um árduo caminho de perfeição e morreu ainda jovem.

(† 1770)

12.   Em Seul, na Coreia, São João Baptista Nam Chong-sam, mártir.

(† 1866)

13.   Em Sai-Nam-Hte, também na Coreia, os santos mártires Simeão Berneux, bispo, Justo Ranfer de Bretenières, Luís Beaulieu e Pedro Henrique Dorie, presbíteros da Sociedade das Missões Estrangeiras de Paris, decapitados por afirmarem audazmente que vieram à Coreia para salvar as almas no nome de Cristo.

(† 1866)

14♦.   Em Camaguey, cidade de Cuba, o Beato José Olallo Valdés, religioso da Ordem Hospitaleira de São João de Deus.

(† 1889)

15*.   Em Kirov, cidade da Rússia, o Beato Leónidas Fedorov, bispo e mártir, que, exercendo o ministério como exarca apostólico dos católicos russos do Rito Bizantino, perante um regime hostil à religião, mereceu ser discípulo fiel de Cristo até à morte.

(† 1935)