Martirológio Romano

Mar 30, 2017

1.   Em Ásti, na Transpadana, hoje na Itália, São Segundo, mártir.

(† data inc.)

2.   Em Tessalónica, na Macedónia, na actual Grécia, São Senhorinho, mártir.

(† s. IV)

3.   Em Senlis, na Gália Lugdunense, na actual França, São Régulo, bispo.

(† s. IV)

4.   Comemoração de muitos santos mártires, que, em Constantinopla, hoje Istambul, na Turquia, no tempo do imperador Constâncio, por ordem do bispo ariano Macedónio, foram mandados para o exílio e torturados com inauditos tormentos.

(† s. IV)

5.   No monte Sinai, no Egipto, São João, abade, que escreveu para instrução dos monges o memorável tratado «Escada do Paraíso», no qual apresenta o caminho da perfeição espiritual na forma de uma escada de trinta graus na subida da alma para Deus, o que lhe mereceu o sobrenome de «Clímaco».

(† 649)

6.   Em Siracusa, na Sicília, região da Itália, São Zósimo, bispo, que foi primeiramente o humilde guarda do túmulo de Santa Luzia e depois abade no mosteiro desta localidade.

(† c. 600)

7*.   Em Coventry, na Inglaterra, Santa Osburga, primeira abadessa do mosteiro deste lugar.

(† c. 1018)

8.   Em Aquino, no Lácio, região da Itália, São Clínio, abade.

(† d. 1030)

9.   Em Aguilera, localidade da região de Castela, na Espanha, São Pedro Regalado de Valladolid, presbítero da Ordem dos Menores, que foi insigne pela sua humildade e rigorosa penitência e fundou dois cenóbios, onde só doze irmãos deviam viver em cada eremitério.

(† 1456)

10*.   Em Vercelas, no Piemonte, região da Itália, o Beato Amadeu IX, duque de Sabóia, que no seu governo promoveu por todos os meios a paz e favoreceu com seus bens e ardente zelo a causa dos pobres, das viúvas e dos órfãos.

(† 1472)

11.   Em Su-Ryong, na Coreia, os santos mártires António Daveluy, bispo, Pedro Aumaître, Martinho Lucas Huin, presbíteros, José Chang Chu-gi, Tomé Son Cha-son e Lucas Hwang Sok-tu, catequistas, que pela fé em Cristo morreram decapitados.

(† 1866)

12*.   Em Nápoles, na Itália, São Luís de Casória (Arcângelo Palmentiéri), presbítero da Ordem dos Frades Menores, que, movido pelo ardor da caridade para com os pobres de Cristo, fundou duas congregações: os Irmãos da Caridade e as Irmãs Franciscanas de Santa Isabel.

(† 1885)

13.   Em Turim, também na Itália, São Leonardo Murialdo, presbítero, que fundou a piedosa Sociedade de São José, para que as crianças abandonadas pudessem sentir os efeitos da fé e caridade cristãs.

(† 1900)

14.   Em San Julián, localidade do território de Guadalajara, no México, São Júlio Álvarez, presbítero e mártir, que, durante a perseguição religiosa, com o derramamento do seu sangue deu testemunho da fidelidade a Cristo e à sua Igreja.

(† 1927)

15*.   Em Viena, na Áustria, a Beata Maria Restituta (Helena Kafka), virgem da Congregação das Irmãs Franciscanas da Caridade Cristã e mártir, que, oriunda da Morávia, exerceu o ofício de enfermeira no Hospital, quando, durante a guerra, foi decapitada pelos inimigos da fé.

(† 1943)