Martirológio Romano

Feb 13, 2017

1.   Em Atenas, na Grécia, São Martiniano, que tinha sido eremita num lugar próximo de Cesareia da Palestina.

(† c. 398)

2.   Em Karden, junto às margens do Mosela, no território de Tréveris, actualmente na Alemanha, São Castor de Aquitânia, presbítero e eremita.

(† s. IV)

3.   Em Tódi, na Úmbria, região da Itália, São Benigno, presbítero e mártir.

(† s. IV)

4.   Em Lião, na Gália, actualmente na França, Santo Estêvão, bispo.

(† c. 515)

5.   Em Riéti, na Sabina, hoje no Lácio, região da Itália, a comemoração de Santo Estêvão, abade, homem de admirável paciência, como escreveu o papa São Gregório Magno.

(† s. VI)

6*.   Em Osnabrück, na Saxónia, hoje na Alemanha, São Gosberto, bispo dos Suevos, que, expulso da sua sede durante a perseguição dos pagãos, aceitou o governo da Igreja de Osnabrück.

(† 874)

7*.   Em Carcassone, na Gália Narbonense, na actual França, São Guimera ou Gumaro, bispo.

(† c. 931)

8*.   Em Lodève, também na Gália Narbonense, São Fulcrano, bispo, insigne na misericórdia para com os pobres e no zelo pelo culto divino.

(† 1006)

9*.   Em Meaux, na região de Brie, também na actual França, São Gilberto, bispo.

(† 1009)

10*.   Em Ptolemaida, hoje Akko, na Palestina, o passamento do Beato Jordão de Saxónia, presbítero da Ordem dos Pregadores, sucessor e imitador de São Domingos, que propagou com intenso vigor a Ordem e morreu num naufrágio.

(† 1237)

11*.   Em Spoleto, na Úmbria, região da Itália, a Beata Agostinha Cammózzi (Cristina Cammózzi), que, depois da morte do esposo, seguiu por algum tempo a concupiscência da carne, mas depois escolheu a vida penitente na Ordem secular de Santo Agostinho, onde se dedicou à oração e ao serviço dos enfermos pobres.

(† 1458)

12*.   Em Pádua, na Venécia, hoje na região do Véneto, na Itália, a Beata Eustóquio (Lucrécia Bellíni), virgem da Ordem de São Bento.

(† 1469)

13*.   Em Dongjiaochang, localidade próxima da cidade de Lezhi, no Sichuan, província da China, São Paulo Liu Hanzuo, presbítero e mártir, estrangulado por ser cristão.

(† 1818)

14*.   Em Thi-Nghè, cidade da Cochinchina, actualmente no Vietnam, São Paulo Lê-Van-Loc, presbítero e mártir, que no tempo do imperador Tu Duc foi degolado às portas da cidade, por confessar a fé em Cristo.

(† 1859)