Martirológio Romano

Dec 04, 2017

São João Damasceno, presbítero e doutor da Igreja, insigne pela sua santidade e doutrina, que lutou ardorosamente com a sua palavra e seus escritos contra o imperador Leão, o Isáurico, em defesa do culto das sagradas imagens e, tornando-se monge na laura de São Sabas, perto de Jerusalém, compôs hinos sagrados e ali morreu. O seu corpo foi sepultado neste dia.

 

(† c. 749)

2.   Comemoração de Santa Bárbara, que, segundo a tradição, foi virgem e mártir em Nicomédia, na actual Turquia.

(† data inc.)

3.   Em Alexandria, no Egipto, Santo Héraclas, bispo, discípulo de Orígenes, seu colaborador e sucessor na escola catequética, que adquiriu extraordinária fama e depois foi eleito para dirigir esta sede episcopal.

(† 247/249)

4.   Em Sebastopol, no Ponto, na hodierna Turquia, São Melécio, bispo, que, embora já famoso pela sua erudição, foi ainda mais eminente pela sua virtude e integridade de vida.

(† s. IV)

5.   Em Bolonha, na Emília-Romanha, região da Itália, São Félix, bispo, que tinha sido diácono com Santo Ambrósio na Igreja de Milão.

(† 431/432)

6*.   Em Vienne, na Gália Lionense, na actual França, Santo Apro, presbítero, que, deixando a sua pátria, construiu para si uma pequena cela e seguiu a vida solitária e penitente.

(† s. VII)

7*.   No território de Bourges, na Aquitânia, também na hodierna França, São Sigirano ou Sirano, monge, peregrino e abade de Longoret.

(† s. VII)

8*.   Em Le Mans, na Nêustria, hoje também na França, Santa Adraílde ou Ada, abadessa do mosteiro de Santa Maria.

(† d. 692)

9*.   No mosteiro de Ellwangen, na Baviera, região da Alemanha, São Sola ou Sualo, presbítero e eremita.

(† 794)

10.   Em Poliboto, na Frígia, na hodierna Turquia, São João, chamado o Taumaturgo, bispo, que se empenhou intensamente contra o decreto do imperador Leão o Arménio a favor do culto das sagradas imagens.

(† s. IX)

11.   No mosteiro de Siegburg, na Renânia, região da Alemanha, Santo Anónio, bispo de Colónia, homem de exímio talento, que, durante o reinado do imperador Henrique IV, teve uma actuação de grande prestígio, tanto na Igreja como nos assuntos civis e, para aumentar a fé e a piedade, fomentou a construção de muitas igrejas e mosteiros.

(† 1075)

12.   Em Salisbury, na Inglaterra, Santo Osmundo, bispo, que, acompanhando o rei Guilherme, se trasladou da Normandia para a Inglaterra, e, promovido ao episcopado, celebrou a dedicação da igreja catedral e promoveu a administração da diocese e a dignidade do culto divino.

(† 1099)

13.   Em Parma, na Emília-Romanha, região da Itália, São Bernardo, bispo, que, sendo monge, procurou sempre a vida de perfeição, como cardeal o bem da Igreja e como bispo a salvação das almas.

(† 1133)

14*.   Em Sena, na Etrúria, hoje na Toscana, região da Itália, o Beato Pedro Pectinário, religioso da Ordem Terceira de São Francisco, insigne pela sua peculiar caridade para com os pobres e os enfermos, bem como pela sua vida de humildade e silêncio.

(† 1289)

15*.   Em Edo, localidade do Japão, os beatos mártires Francisco Gálvez, presbítero da Ordem dos Frades Menores, Jerónimo de Ângelis, presbítero, e Simão Yempo, religioso, ambos da Companhia de Jesus, que foram queimados vivos em ódio à fé.

(† 1622/1623)

16♦.   Em Tóquio, no Japão, o Beato João Hara Mondo, religioso da Ordem Terceira de São Francisco e mártir.

(† 1623)

17*.   Em Colónia, na Renânia da Prússia, hoje na Alemanha, o beato Adolfo Kolping, presbítero, que, ardentemente solícito para com os trabalhadores e a justiça social, fundou uma associação de jovens operários e a difundiu em muitos lugares.

(† 1865)

18.   Em Verona, na Itália, São João Calábria, presbítero, que fundou a Congregação dos Pobres Servos e das Servas da Divina Providência.

(† 1954)