Martirológio Romano

Nov 04, 2017

Memória de São Carlos Borromeu, bispo, que, nomeado cardeal por seu tio materno, o papa Pio IV, e eleito bispo de Milão, foi nesta sede um verdadeiro pastor fiel, solícito pelas necessidades da Igreja do seu tempo: convocou sínodos e erigiu seminários para a formação do clero; visitou muitas vezes toda a sua diocese para fortalecer a vida cristã e estabeleceu muitas normas em ordem à salvação das almas. Passou à pátria celeste no dia 3 de Novembro.

 

(† 1584)

2.   Em Bolonha, na actual Emília-Romanha, região da Itália, os santos Vital e Agrícola, mártires, dos quais, segundo narra Santo Ambrósio, o primeiro tinha sido servo do segundo e depois irmão na fé e companheiro no martírio: de facto, Vital sofreu tantos tormentos que nenhuma parte do corpo ficou sem feridas; Agrícola, sem se intimidar com o suplício do servo, imitou-o no martírio sendo crucificado.

(† 304)

3.   Em Mira, na Lícia, na hodierna Turquia, os santos mártires Nicandro, bispo, e Hermes, presbítero.

(† c. s. IV)

4.   Comemoração de São Piério, presbítero de Alexandria, homem ilustre pelo conhecimento das doutrinas filosóficas, mas ainda mais insigne pela integridade da sua vida e voluntária pobreza, que ensinou sabiamente ao povo a Sagrada Escritura quando Teonas governava a Igreja de Alexandria e, terminado o tempo da perseguição, permaneceu em Roma, onde descansou em paz.

(† s. IV)

5.   Em Rodez, na Aquitânia, actualmente em França, Santo Amâncio, bispo, que é considerado o primeiro pontífice desta cidade.

(† s. V)

6*.   Em Maastricht, no Brabante da Austrásia, actualmente na Holanda, São Perpétuo, bispo.

(† c. 620)

7.   Em Tréveris, na Austrásia, hoje na Alemanha, Santa Modesta, abadessa, que, consagrada a Deus desde a infância, foi a primeira a presidir à comunidade de monjas no cenóbio de Santa Maria de «ad Hórreum» nesta cidade e gozava da grande amizade espiritual de Santa Gertrudes de Nivelles.

(† s. VII f.)

8.   Em Alba Regia, na Panónia, hoje Szekesfehervar, na Hungria, Santo Henrique ou Emerico, filho de Santo Estêvão, rei dos Húngaros, que teve morte prematura.

(† 1031)

9*.   Em Pádua, no Véneto, região da Itália, a Beata Helena Enselmíni, virgem da Ordem das Clarissas, que sofreu com admirável paciência muitas dores, inclusivamente a perda da fala.

(† 1231)

10*.   Em Cerfroid, no território de Meaux, na França, São Félix de Valois, que, depois de uma longa vida solitária, é considerado companheiro de São João da Mata na fundação da Ordem da Santíssima Trindade para a Redenção dos Cativos.

(† s. XIII)

11*.   No convento de Nossa Senhora dos Escoceses, em Nantes, na França, a Beata Francisca de Amboise, que, sendo duquesa de Bretanha, fundou em Vannes o primeiro Carmelo feminino da França, para onde se retirou como serva de Cristo quando ficou viúva.

(† 1485)

12♦.   Em Montefusco, na Campânia, região da Itália, a Beata Teresa Manganiello, virgem da Ordem Terceira de São Francisco.

(† 1876)

13♦.   Em Madrid, na Espanha, o Beato José Gafo Muñiz, presbítero da Ordem dos Pregadores e mártir, que, na mesma perseguição, confirmou com o seu sangue a fidelidade ao Senhor.

(† 1936)