Martirológio Romano

Nov 25, 2017

Santa Catarina, mártir, que, segundo a tradição, foi uma virgem de Alexandria, dotada de subtil inteligência e sabedoria, bem como de fortaleza de ânimo. O seu corpo venera-se piedosamente no célebre cenóbio do monte Sinai.

 

(† data inc.)

2.   Em Cesareia, na Capadócia, hoje Kayseri, na Turquia, São Mercúrio, mártir.

(† data inc.)

3.   Em Roma, a comemoração de São Moisés, presbítero e mártir, que, no tempo do imperador Décio, depois de ter sido martirizado o papa São Fabião, decidiu assumir, juntamente com o colégio dos presbíteros, o cuidado dos irmãos desta Igreja; determinou que devia conceder-se a reconciliação aos renegados enfermos e moribundos e, durante o longo tempo em que esteve detido no cárcere, recebia constantemente o conforto das cartas de São Cipriano de Cartago, sendo finalmente coroado com um martírio glorioso e admirável.

(† 251)

4.   Em Alexandria, no Egipto, São Pedro, bispo e mártir, que, dotado de todas as virtudes, foi decapitado por ordem do imperador Galério Máximo, sendo a última vítima e o selo dos mártires na grande perseguição contra a Igreja. Com ele se comemoram três bispos egípcios – Hesíquio, Pacómio e Teodoro – e muitos outros mártires, que, também em Alexandria, na mesma perseguição, cruelmente assassinados ao fio da espada, subiram ao Céu.

(† 305-311)

5.   Na Numídia, em território da actual Argélia, São Márculo, bispo, que, segundo a tradição, morreu mártir no tempo do imperador Constante, despenhado de um rochedo por um certo Macário.

(† 347)

6*.   No território de Agen, na Aquitânia, actualmente na França, São Maurino, mártir, que, dedicado à evangelização do povo rural, segundo a tradição foi cruelmente assassinado pelos pagãos.

(† s. VI)

7*.   No território de Valence, na Gália, também na hodierna França, a Beata Beatriz de Ornacieux, virgem da Ordem Cartusiana, insigne pelo amor à Cruz, que viveu e morreu em extrema pobreza no mosteiro de Eymeu, por ela fundado.

(† 1303/1309)

8*.   Em Reute, na Suábia, em território da actual Alemanha, a Beata Isabel Achler, apelidada a Boa, virgem, que, vivendo como reclusa na Ordem Terceira Regular de São Francisco, praticou admiravelmente a humildade, a pobreza e a mortificação corporal.

(† 1480)

9.   Em Seul, na Coreia, São Pedro Yi Ho-yong, mártir, que, sendo catequista, foi capturado pelas milícias, juntamente com sua irmã Santa Águeda Yi So-sa e, permanecendo firme na confissão da fé, depois de lhe terem quebrado os ossos por três vezes, ficou detido quatro anos no cárcere, onde finalmente morreu; foi o primeiro da gloriosa falange de mártires desta nação. 

(† 1838)

10*.   Em Puebla de Híjar, localidade próxima de Teruel, na Espanha, o Beato Jacinto Serrano López, da Ordem dos Pregadores e mártir, que foi fuzilado na perseguição contra a Igreja. Com ele comemora-se o beato mártir Tiago Meseguer Burillo, presbítero da mesma Ordem, que, por Cristo, em dia desconhecido, consumou em Barcelona o glorioso combate.

(† 1936)