Martirológio Romano

Oct 29, 2017

1.   Em Cartago, na hodierna Tunísia, São Feliciano, mártir.

(† c. s. III)

2.   Comemoração de São Narciso, bispo de Jerusalém, digno de louvor pela sua santidade, paciência e fé, que, em pleno acordo com o papa São Vítor acerca da data da celebração da Páscoa cristã, afirmou que o mistério da Ressurreição do Senhor não podia celebrar-se senão no domingo. Aos cento e dezasseis anos de idade descansou piedosamente no Senhor.

(† c. 222)

3.   Em Vercelas, na Ligúria, hoje no Piemonte, região da Itália, Santo Honorato, bispo, que foi discípulo de Santo Eusébio no mosteiro, seu companheiro no cárcere e sucessor nesta sede episcopal, a qual instruiu segundo a doutrina verdadeira, e teve o privilégio de administrar o viático a Santo Ambrósio na hora da morte.

(† s. IV/V in.)

4.   Em Sidónia, cidade da Fenícia, no actual Líbano, São Zenóbio, presbítero, que, durante a terrível perseguição do imperador Diocleciano, exortando os outros ao martírio, também ele com o martírio foi coroado.

(† s. IV)

5.   Em Edessa, cidade do Osroene, hoje na Turquia, Santo Abraão, anacoreta, cuja vida foi escrita por Santo Efrém, diácono.

(† 366)

6.   No território de Vienne, na Gália, actualmente na França, São Teodário, abade, que, sendo discípulo de Santo Eusébio de Arles, construiu celas para os monges e foi designado pelo bispo intercessor diante de Deus e presbítero penitenciário para todo o povo da cidade.

(† c. 575)

7*.   Em Galway, na Irlanda, São Colmano, bispo.

(† 632)

8*.   Em Moustiers-en-Fagne, próximo de Cambrai, na Nêustria, actualmente na França, São Dodão, abade, que, presidindo ao mosteiro de Wallers, preferiu a vida eremítica.

(† s. VIII)

9*.   Em Secondigliano, perto de Nápoles, na Itália, São Caetano Errico, presbítero, que fomentou com empenho os retiros espirituais e a contemplação da Eucaristia, como instrumentos de ganhar almas para Cristo, e com essa finalidade fundou a Congregação dos Missionários dos Sagrados Corações de Jesus e Maria.

(† 1860)