Martirológio Romano

Oct 26, 2017

1.   Em Nicomédia, na Bitínia, hoje Izmit, na Turquia, os santos Luciano e Marciano, mártires, que, segundo a tradição, no tempo do imperador Décio, por ordem do procônsul Sabino, foram queimados vivos.

(† c. 250)

2.   Em Cartago, na hodierna Tunísia, a comemoração de São Rogaciano, presbítero, a quem, no tempo do imperador Décio, São Cipriano confiou a administração da Igreja de Cartago, e que, juntamente com São Felicíssimo, suportou torturas e cárceres pelo nome de Cristo.

(† s. III)

3*.   Em Estrasburgo, na Germânia, actualmente na França, Santo Amando, que é considerado o primeiro bispo desta cidade.

(† s. IV)

4.   Em Narbona, no litoral da Gália, também na actual França, São Rústico, bispo, que, estando na intenção de abandonar a sua função para se retirar à vida de silêncio, foi convencido pelo papa São Leão Magno à santa perseverança e, assim confortado, permaneceu no ministério que lhe fora confiado e nos encargos assumidos.

(† c. 461)

5*.   Em Angoulème, na Aquitânia, hoje também na França, Santo Aptónio, bispo.

(† c. 567)

6*.   Em Lastingham, na Nortúmbria, região da Inglaterra, São Ceda, irmão de São Ceada, que foi ordenado bispo dos Saxões orientais por São Finano e lançou entre eles os fundamentos da Igreja.

(† 664)

7*.   Em Hexham, também na Nortúmbria, Santo Eata, bispo, homem sumamente afável e simples, que regeu vários cenóbios e Igrejas, até que, ao regressar a Hexham, foi eleito bispo e abade, ministério que exerceu sabiamente, sem nunca deixar a sua vida ascética.

(† c. 616)

8*.   Em Metz, na Austrásia, actualmente na França, São Sigebaldo, bispo, fundador de vários mosteiros.

(† 741)

9*.   No mosteiro de Heresfeld, na Alemanha, o sepultamento de São Vita ou Albuíno, primeiro bispo de Bürberg, que, oriundo da Inglaterra, foi chamado por São Bonifácio e enviado para Hessen, com a missão de semear nesta região a palavra divina.

(† c. 786)

10*.   Na Escócia, São Beano, bispo de Mortlach.

(† c. 1032)

11.   Em Pavia, na Lombardia, região da Itália, São Fulco, bispo, natural da Escócia, homem de paz, zelo apostólico e insigne caridade.

(† 1229)

12*.   Em Réggio Emília, também na Itália, o Beato Damião Furchéri, presbítero da Ordem dos Pregadores, egrégio arauto do Evangelho.

(† 1484)

13*.   Em Ravello, próximo de Amálfi, na Campânia, também região da Itália, o Beato Boaventura de Potenza, presbítero da Ordem dos Frades Menores Conventuais, que se distinguiu pela sua obediência e caridade.

(† 1711)

14♦.   Em Cracóvia, na Polónia, a Beata Celina Chludzindska Borzecka, religiosa, fundadora da Congregação das Irmãs da Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo.

(† 1913)