Martirológio Romano

Jan 28, 2017

Memória de São Tomás de Aquino, presbítero da Ordem dos Pregadores e doutor da Igreja, que, dotado de grandes dons intelectuais, comunicou aos outros, por meio do ensino oral e escrito, a sua extraordinária sabedoria. Chamado pelo beato papa Gregório X para participar no Concílio Ecuménico de Lião II, morreu durante a viagem no mosteiro de Fossanova, no Lácio, no dia 7 de Março. Alguns anos depois o seu corpo foi trasladado para Tolouse.

(† 1274)

2.   No mosteiro de Réomé, perto de Langres, na Nêustria, actualmente na França, São João, presbítero, homem de Deus, que reuniu numerosos monges sob a Regra de São Macário.

(† c. 554)

3.   Comemoração de São Tiago, eremita na Palestina, que passou muito tempo num sepulcro por penitência.

(† s. VI)

4.   Em Cuenca, na actual Castela-la-Mancha, região da Espanha, São Julião, bispo, que ilustrou a Igreja como segundo prelado desta cidade depois de recuperada aos Mouros, pondo ao dispor dos pobres os bens da Igreja e adquirindo o seu sustento quotidiano com o trabalho das próprias mãos.

(† c. 1207)

5*.   No mosteiro de São Frediano, próximo de Pisa, na Etrúria, hoje na Toscana, região da Itália, o beato Bartolomeu Aiutamicristo, religioso da Ordem Camaldulense.

(† 1224)

6*.   Em Plévin, na Bretanha, região da França, o beato Julião Maunoir, presbítero da Companhia de Jesus, que, durante quarenta e dois anos, se dedicou totalmente às missões populares, tanto nas aldeias como nas cidades.

(† 1683)

7.   Em Maokou, cidade da região de Guizhou, na China, os santos Águeda Lin Zhao, virgem, Jerónimo Lu Tingmei e Lourenço Wang Bing, mártires, que, sendo catequistas, no tempo do imperador Wenzongxian foram denunciados como cristãos e por isso degolados.

(† 1858)

8*.   Em Daijiahuang, cidade da província meridional de Shandong, na China, São José Freinademetz, presbítero da Sociedade do Verbo Divino, que trabalhou incansavelmente na acção evangelizadora desta região.

(† 1908)

9*.   Em Picassent, cidade da região de Valência, na Espanha, a beata Maria Luísa Montesinos Orduña, virgem e mártir, que, durante a perseguição contra a fé, pelo martírio se tornou participante na vitória de Cristo.

(† 1937)

10*.   No campo de concentração da cidade de Kharsk, perto de Tomsk, na Sibéria, região da Rússia, a beata Olímpia (Olga Bidà), virgem da Congregação das Irmãs de São José e mártir, que, no regime de perseguição contra a fé, suportou todas as adversidades por amor de Cristo.

(† 1952)