Martirológio Romano

Sep 26, 2017

 

Santos Cosme e Damião, mártires, que, segundo a tradição, exerceram a medicina em Ciro, na Eufratésia, território da hodierna Síria, sem pedir nunca remuneração e curando a muitos com os seus cuidados gratuitos.

 

(† c. s. III)

2.   Comemoração de São Gedeão, da tribo de Manassés, que foi juiz em Israel e, recebendo do Senhor o sinal do orvalho no velo de lã, com a fortaleza de Deus destruiu o altar de Baal e libertou o povo de Israel dos seus inimigos.

3.   Em Albano, no Lácio, região da Itália, São Senador, mártir.

(† s. III/IV)

4.   Em Bolonha, cidade da actual Emília-Romanha, também na Itália, a comemoração de Santo Eusébio, bispo, que, com Santo Ambrósio defendeu a fé católica contra os arianos e se empenhou muito em promover entre as jovens o valor da virgindade.

(† s. IV)

5.   Em Gaeta, no Lácio, também na Itália, Santo Estêvão de Rossano, monge, companheiro de São Nilo o Jovem.

(† 1001)

6.   Na zona de Túsculo, próximo de Roma, São Nilo o Jovem, abade, natural da Grécia, que, aspirando a uma forma de viver santamente, cultivou a prática da abstinência, humildade e peregrinação, teve o dom da profecia e sábia doutrina e fundou o célebre mosteiro de Grottaferrata segundo a observância dos Padres Orientais, onde, já nonagenário e em oração na igreja, entregou o seu espírito a Deus.

(† 1004/1005)

7*.   Em Salerno, na Campânia, região da Itália, a Beata Lúcia de Caltagirone, virgem da Ordem Terceira Regular de São Francisco.

(† 1400)

8.   Em Seul, na Coreia, a paixão dos santos Sebastião Nam I-gwan e oito companheiros[1], mártires, que, depois de sofrerem cruéis suplícios, foram degolados por causa da sua fé cristã. Comemoram-se também as santas mártires Luzia Kim, Catarina Yi, viúva, e sua filha Madalena Cho, virgem, que, encarceradas pela sua fé em Cristo, morreram também vítimas de atrozes tormentos em dia incerto deste mês.

 


[1]  São estes os seus nomes: Inácio Kim Che-jun, Carlos Cho Shin-ch’ol; Colomba Kim Hyoim, virgen; Madalena Pak Pong-son e Perpétua Hong Kum-ju, viúvas; Julieta Kim, Águeda Chon Kyong-hyob y Madalena Ho Kye-im.

 

(† 1839)

9.   Em Lião, na França, Santa Teresa (Maria Vitória Couderc), virgem, que, superando as tribulações com ânimo sereno, fundou a Companhia de Nossa Senhora do Cenáculo na localidade de La Louvesc, junto ao túmulo de São João Francisco de Régis.

(† 1885)

10*.   Em Gars, povoação próxima de Munique, na Alemanha, o Beato Gaspar Stanggassinger, presbítero da Congregação do Santíssimo Redentor, que, dedicado à formação dos jovens, foi para eles um exemplo de caridade alegre e oração assídua.

(† 1899)

11*.   Em Los Reyes, cidade do Perú, o Beato Luís Tezza, presbítero da Ordem dos Clérigos Regrantes Ministros dos Enfermos, que, para servir a Deus nos enfermos, fundou a Congregação das Filhas de São Camilo, que sabiamente reuniu para se dedicarem a múltiplas obras de caridade.

(† 1923)

12*.   Em Valência, na Espanha, as Beatas Maria do Amparo (Teresa Rosat Balasch) e Maria do Calvário (Josefa Romero Clariana), virgens da Congregação da Doutrina Cristã e mártires, que, durante a perseguição religiosa, foram encarceradas e depois assassinadas por causa da sua fidelidade a Cristo Esposo.

(† 1936)

13*.   Também em Valência, o Beato Rafael Pardo Molina, religioso da Ordem dos Pregadores e mártir, que morreu durante a perseguição contra a fé cristã. Com ele se comemora também o beato mártir José Maria Vidal Segú, presbítero da mesma Ordem, que passou à glória celeste depois de ter dado em Barcelona um inquebrantável testemunho de fé em Cristo.

(† 1936)

14*.   Em Puerto de Canals, localidade da mesma província de Valência, a Beata Crescência Valls Espi, virgem e mártir, que sofreu o martírio durante a mesma perseguição religiosa.

(† 1936)

15*.   Em Benifairó de Valldigna, povoação da mesma província de Valência, a Beata Maria del Olvido Noguera Albelda, virgem e mártir, que, na mesma perseguição, sofreu o martírio por causa da sua fé.

(† 1936)

16*.   Em Gilet, também na província de Valência, o Beato Boaventura de Puzol (Júlio Esteve Flors), presbítero da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos e mártir, que, durante a mesma perseguição, vítima da violência dos inimigos da fé cristã, foi ao encontro do Senhor.

(† 1936)

17*.   Em Benifallin, na província de Alicante, também na Espanha, a Beata Maria Jordá Botella, virgem e mártir, que, na mesma perseguição, venceu gloriosamente o bom combate por Cristo.

(† 1936)

18*.   Em Madrid, também na Espanha, o Beato Leão Maria de Alacuás (Manuel Légua Marti), presbítero da Congregação dos Terciários de Nossa Senhora das Dores e mártir, que, durante a mesma perseguição, alcançou a coroa de glória.

(† 1936)

19♦.   Em Bilbau, também na Espanha, o Beato António Cid Rodríguez, religioso da Sociedade Salesiana e mártir, que, na mesma perseguição, mereceu receber a sublime palma da glória celeste.

(† 1936)