Liturgia diária

Agenda litúrgica

2018-03-08

QUINTA-FEIRA da semana III

Roxo – Ofício da féria.
Missa da féria, pf. da Quaresma.

L 1 Jer 7, 23-28; Sal 94 (95), 1-2. 6-7. 8-9
Ev Lc 11, 14-23

* Pode celebrar-se a memória de S. João de Deus, religioso, como se indica na p. 33, n. 8.
* Na Arquidiocese de Évora – S. João de Deus, religioso – FESTA
* Na Ordem Hospitaleira de S. João de Deus – S. João de Deus, religioso, Fundador da Ordem Hospitaleira – SOLENIDADE
* Na Congregação das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus – S. João de Deus, religioso, Padroeiro secundário da Congregação – FESTA
* Na Diocese de Santiago (Cabo Verde) – Pode celebrar-se a memória de S. João de Deus, religioso, como se indica na p. 33, n. 8.

 

 

Santo

S. JOÃO DE DEUS, religioso

 

 

Martirológio

São João de Deus, religioso, natural de Portugal, que, depois de uma vida cheia de perigos na vida de soldado, ambicionando coisas maiores, com incansável caridade se entregou ao serviço dos pobres e dos enfermos num hospital por ele fundado e associou à sua obra um grupo de companheiros, que posteriormente constituíram a Ordem Hospitalar de São João de Deus. Neste dia, em Granada, na Espanha, passou ao descanso eterno.

 

2.   Comemoração de São Pôncio, que foi em Cartago diácono de São Cipriano, a quem acompanhou no exílio até à sua morte, deixando um admirável relato da sua vida e martírio.

3.   Em Antínoo, no Egipto, os santos Apolónio e Filémon, mártires.

4*.   Em Como, na Ligúria, actualmente na Lombardia, região da Itália, São Provino, bispo, fiel discípulo de Santo Ambrósio, que preservou da heresia ariana a Igreja que lhe foi confiada.

5*.   Na ilha de Scathery, na Hibérnia, actual Irlanda, São Senano, abade.

6.   Em Dunwich, na Inglaterra, São Félix, bispo, natural da Borgonha, que evangelizou os Anglos orientais no tempo do rei Sigeberto.

7.   Em Nicomédia, na Bitínia, hoje Izmit, na Turquia, São Teofilacto, bispo, que, condenado ao exílio por causa do culto das sagradas imagens, morreu em Stróbilon, na Cária, actualmente território da Turquia.

8*.   No território dos Morinos, na Gália, hoje na França, Santo Hunfredo, bispo de Therouanne, que, após a destruição da cidade pelos Normandos, imediatamente se empenhou em congregar e reconfortar o seu povo.

9*.   Em Pavia, na Lombardia, região da Itália, São Litifredo, bispo.

10*.   Em Tayne, cidade da Escócia, o sepultamento de São Dutácio, bispo de Ross.

11*.   Em Estella, povoação de Navarra, região da Espanha, São Veremundo, abade de Irache, que, tendo abraçado desde tenra idade a vida monástica, era assíduo aos jejuns e vigílias e estimulou com o exemplo os monges do seu mosteiro ao desejo da perfeição.

12*.   Em Obazine, perto de Limoges, na Aquitânia, na actual França, Santo Estêvão, primeiro abade do mosteiro deste lugar, que, na procura de Deus, associou os três mosteiros por ele fundados à Ordem Cisterciense.

13*.   No mosteiro de Jedrzejow, na Polónia, o passamento de São Vicente Kadlubek, bispo de Cracóvia, que, depois de renunciar ao seu ministério, professou neste lugar vida monástica.

14♦.   Em Hiroshima, no Japão, o Beato Joaquim Kuroemon, mártir.

15*.   Em Getafe, cidade próxima de Madrid, na Espanha, o Beato Faustino Míguez, religioso da Congregação dos Irmãos das Escolas Cristãs, que, ordenado presbítero, se dedicou totalmente ao ensino e, atingindo grande fama como mestre e perito nas ciências da natureza, exerceu diligentemente a actividade pastoral e fundou a Congregação das Filhas da Divina Pastora.