Liturgia diária

Agenda litúrgica

2018-10-04

QUINTA-FEIRA da semana XXVI

S. Francisco de Assis – MO
Branco – Ofício da memória.
Missa da memória.

L 1 Job 19, 21-27; Sal 26 (27), 7-8. 9abd. 13-14
Ev Lc 10, 1-12

* Na Ordem Franciscana – S. Francisco de Assis, diácono, Fundador e Titular – SOLENIDADE
* Na Ordem dos Franciscanos Capuchinhos – Seráfico Pai São Francisco de Assis, diácono – SOLENIDADE
* Na Ordem Hospitaleira de S. João de Deus (Montemor-o-Novo) – Aniversário da Dedicação da Igreja própria – SOLENIDADE
* Na Ordem de São Domingos – S. Francisco de Assis – FESTA

 

Missa

 

ANTÍFONA DE ENTRADA Dan 3, 31.29.30.43.42
Vós sois justo, Senhor, em tudo o que fizestes.
Pecámos contra Vós, não observámos os vossos mandamentos.
Mas para glória do vosso nome,
mostrai-nos a vossa infinita misericórdia.


ORAÇÃO COLECTA
Senhor, que dais a maior prova do vosso poder
quando perdoais e Vos compadeceis,
infundi sobre nós a vossa graça,
para que, correndo prontamente para os bens prometidos,
nos tornemos um dia participantes da felicidade celeste.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.


LEITURA I (anos pares) Job 19, 21-27
«Eu sei que o meu Redentor está vivo»

Depois de várias invectivas dos seus amigos, nem sempre muito caridosos, Job proclama de novo a sua fé em Deus e a esperança de que Ele fará justiça e o salvará. Àqueles amigos, faltava-lhes a sabedoria de Deus, que Job, apesar da sua infelicidade, tinha em abundância.
Leitura do Livro de Job

Job tomou a palavra e disse: «Tende compaixão, meus amigos, tende compaixão de mim, pois a mão de Deus me atin¬¬giu! Porque me perseguis, como Deus faz, e não vos cansais de me torturar? Quem dera que as minhas palavras fossem escritas num livro, ou gravadas em bronze com estilete de ferro, ou esculpidas em pedra para sempre! Eu sei que o meu Redentor está vivo e no último dia Se levantará sobre a terra. Revestido da minha pele, estarei de pé; na minha carne verei a Deus. Eu próprio O verei, meus olhos O hão-de contemplar. Dentro de mim suspira o meu coração».
Palavra do Senhor.


SALMO RESPONSORIAL Salmo 26 (27), 7-8.9abd.13-14 (R. 13)
Refrão: Espero contemplar a bondade do Senhor
na terra dos vivos. Repete-se

Ouvi, Senhor, a voz da minha súplica,
tende compaixão de mim e atendei-me.
Diz-me o coração: «Procurai a sua face».
A vossa face, Senhor, eu procuro. Refrão

Não escondais de mim o vosso rosto,
nem afasteis com ira o vosso servo.
Não me rejeiteis nem me abandoneis,
meu Deus e meu Salvador. Refrão

Espero vir a contemplar a bondade do Senhor
na terra dos vivos.
Confia no Senhor, sê forte.
Tem coragem e confia no Senhor. Refrão


ALELUIA Mc 1, 15
Refrão: Aleluia. Repete-se
Está próximo o reino de Deus:
arrependei-vos e acreditai no Evangelho. Refrão


EVANGELHO Lc 10, 1-12
«A vossa paz repousará sobre eles»

Os discípulos são enviados a preparar a vinda de Jesus. Eles são já mensageiros do reino de Deus. Por isso, quem espera o reino de Deus há-de prestar atenção àqueles que lho anunciam, porque eles são os portadores da Palavra do Senhor, que é fonte de paz.

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
Naquele tempo, designou o Senhor setenta e dois discípulos e enviou-os dois a dois à sua frente, a todas as cidades e lugares aonde Ele havia de ir. E dizia-lhes: «A seara é grande, mas os trabalhadores são poucos. Pedi ao dono da seara que mande trabalhadores para a sua seara. Ide: Eu vos envio como cordeiros para o meio de lobos. Não leveis bolsa nem alforge nem sandálias, nem vos demoreis a saudar alguém pelo caminho. Quando entrardes nalguma casa, dizei primeiro: ‘Paz a esta casa’. E se lá houver gente de paz, a vossa paz repousará sobre eles; senão, ficará convosco. Ficai nessa casa, comei e bebei do que tiverem, que o trabalhador merece o seu salário. Não andeis de casa em casa. Quando entrardes nalguma cidade e vos receberem, comei do que vos servirem, curai os enfermos que nela houver e dizei-lhes: ‘Está perto de vós o reino de Deus’. Mas quando entrardes nalguma cidade e não vos receberem, saí à praça pública e dizei: ‘Até o pó da vossa cidade que se pegou aos nossos pés sacudimos para vós. No entanto, ficai sabendo: Está perto o reino de Deus’. Eu vos digo: Haverá mais tolerância, naquele dia, para Sodoma do que para essa cidade».
Palavra da salvação.


ORAÇÃO SOBRE AS OBLATAS
Deus de misericórdia infinita, aceitai esta nossa oblação
e fazei que por ela se abra para nós
a fonte de todas as bênçãos.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.


ANTÍFONA DA COMUNHÃO cf. Salmo 118, 9-5
Senhor, lembrai-Vos da palavra que destes ao vosso servo.
A consolação da minha amargura
é a esperança na vossa promessa.

Ou 1 Jo 3, 16
Nisto conhecemos o amor de Deus: Ele deu a vida por nós;
também nós devemos dar a vida pelos nossos irmãos.


ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO
Fazei, Senhor, que este sacramento celeste
renove a nossa alma e o nosso corpo,
para que, unidos a Cristo neste memorial da sua morte,
possamos tomar parte na sua herança gloriosa.
Ele que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

 

Santo

S. FRANCISCO DE ASSIS

 

 

Martirológio

Memória de São Francisco, que, depois de uma vida despreocupada, se converteu à vida evangélica em Assis, na Úmbria, região da Itália, encontrando Jesus Cristo especialmente nos pobres e tornando-se ele mesmo pobre ao serviço dos necessitados. Reuniu em comunidade consigo os Frades Menores, pregou o amor de Deus a todos nas suas caminhadas, inclusivamente na peregrinação à Terra Santa, mostrando com as suas palavras e atitudes o desejo de seguir a Cristo, e quis morrer deitado sobre a terra nua. 

 

2.   Em Bolonha, hoje na Emília-Romanha, também região da Itália, São Petrónio, bispo, que passou das responsabilidades políticas ao ministério sacerdotal e ilustrou com os seus escritos e o seu exemplo a natureza do ministério episcopal.

3*.   No território da Gália Turonense, na hodierna França, São Quintino, mártir.

4.   Em Paris, na Gália, hoje na França, Santa Áurea, abadessa, designada por Santo Elígio para presidir ao mosteiro que ele tinha fundado dentro da cidade segundo a regra de São Columbano, no qual tinha reunido trezentas virgens.

5*.   Em New Orleans, na Luisiana, nos Estados Unidos da América do Norte, o Beato Francisco Xavier Seelos, presbítero da Congregação do Santíssimo Redentor, oriundo da Baviera, que atendeu com grande solicitude às necessidades das crianças, dos jovens e dos imigrantes.

6*.   Em Xaraco, povoação da província de Valência, na Espanha, o Beato Henrique Morant Pellicer, presbítero e mártir, que consumou o combate pela fé durante a perseguição religiosa.

7*.   Perto de Gandia, na mesma província de Valência, o Beato José Canet Giner, presbítero e mártir, que, pela sua fidelidade a Cristo, mereceu ser associado ao sacrifício do Salvador.

8*.   Em Bellrreguart, também na província de Valência, o Beato Alfredo Pellicer Muñoz (Jaime), religioso da Ordem dos Frades Menores e mártir, que, na mesma perseguição, confirmou a sua fé em Cristo até alcançar a palma da vitória.